segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Liga Sagres - 8ª Jornada


Nesta jornada, a normalidade foi reposta: os três grandes estão nos três primeiros lugares.
Sem grandes dificuldades todos venceram, enquanto o Sp. Braga também está em equilíbrio. No fundo da tabela, a Naval caiu para o último lugar e o Rio Ave finalmente venceu!




  • Valdés
    Pela primeira vez nos últimos anos, vemos um reforço do Sporting a ser o protagonista da jornada (tirando raras excepções como Izmailov ou Vukcevic e um tal de Bueno que marcou 4 golos ao Nacional).
    Valdés ontem bisou frente à U. Leiria, correspondendo às melhores expectativas que recaíam sobre ele na posição de 10. A sua resposta foi muito eficaz, revelando bom cruzamento com a equipa, sobretudo com Postiga.
    O Sporting está de volta ao 3º lugar, recuperando na tabela. Para isso, ajudou, claro, os maus resultados de outras equipas.
  • Varela
    Ultrapassou Falcao no 2º lugar dos marcadores do Porto. Num terreno impraticável, fez um golo sem grande esforço e solitário. Não foi fácil, mas o FCP lá venceu e soma 25 pontos em 27 possíveis.
    Varela tem 5 golos marcados.

  • Beira Mar
    O ataque do Beira Mar explodiu nesta jornada. Ronny e Tatu estão a combinar muito bem! Beneficiou a equipa e Wilson, juntamente com Artur que marcaram golos. Rui Sampaio também esteve bem. O Beira Mar venceu mais um adversário directo na luta pela permanência e segue mais tranquilo.
    Leonardo Jardim está aprovado.

  • Rio Ave
    Venceu pela primeira vez e logo contra o Sp. Braga. Os golos foram marcados por jogadores influenetes: Zé Gomes e João Tomás.




  • Naval
    Numa batalha naval, não vence desde a 2ª jornada e está a cair na classificação e piora cada vez mais.. Zvunka (erro de casting) já saiu e Rogério Gonçalves não está a trazer as sinergias necessárias... Resultado: último lugar.
PAULO SÉRGIO
(Sporting)

Liga Orangina - 6ª Jornada

À 6ª jornada, o Gil Vicente é o líder isolado. Num golo de sorte, os gilistas venceram tangencialmente o Feirense, com um golo de Hugo Vieira. Parece que os jogadores compreenderam o repto recente de António Fiúza. Enquanto que o Penafiel cai na mediania, Leixões e Trofense recuperam forças. Na parte de baixo da tabela, Belenenses, Sp. Covilhã e Belenenses estão a piorar de semana para semana. O Freamunde ganhou pela primeira vez.






  • Hugo Vieira
    Novidade, a referência desta semana do Gil Vicente ser um jogador português. Marcou, ontem à tarde, no cair do pano, o golo da vitória, precisamente 4' depois de ter entrado. Foi um resultado muito importante.
    Está a ser uma época bem conseguida até ao momento, a alcançados pelos de Barcelos. A Taça da Liga está bem encaminhada e o campeonato está a correr de feição, ora não fosse o líder isolado da tabela. A única excepção foi a eliminação da Taça de Portugal, nas grandes penalidades. O Gil tem uma vantagem confortável, mas muito perigosa à 6ª jornada.
    Paulo Alves está a encarar bem a necessidade imposta por António Fiúza de subir de divisão para evitar o fim do clube. O presidente foi bastante explícito e após erros de casting de anos anteriores (João Eusébio, por ex.), o Gil Vicente parece estar no bom caminho. Ainda por cima, tendo em conta a aposta perigosa em muitos jogadores brasileiros.

  • João Rodrigues
    Salvou o clube e a pele de Nicolau Vaqueiro. À 6ª jornada, o Freamunde finalmente venceu!
    Com apenas 2 golos marcados, empatou um jogo e venceu outro (que saudades de Bertinho, Gustavo, Cascavel e do "velho" Bock). João Rodrigues é uma das altas expectativas de revelação deste campeonato. Tem 22 anos e chegou do Padroense da 2ª Divisão. Para já, conseguiu captar as atenções e ser importante para a sua equipa.
    Com este resultado, o Freamunde já se equilibrou na classifcação.

  • Arouca
    Estou a gostar da prestação da equipa, que se está a safar bem melhor do que se estava à espera. Conta com jogadores bem seleccionados e esta jornada venceu o Sp. Covilhã por 2-0. Diogo Santos (dispensado do Gil Vicente em Janeiro e importante para a subida, quer do Arouca, quer da Oliveirense em 07/08) e Kiko, central, também ex Gil Vicente, marcaram os golos. Bom trabalho!

  • Leixões e Trofense
    Estão a recuperar e a mostrar para o que vieram.
    Porfírio Amorim vai-se aguentando. Veremos até quando, até porque a sua equipa adormeceu no jogo e sofreu 2 golos.




  • Rui Gregório / Luís Filgueira
    As soluções internas do Belenenses falharam!
    O barato saiu caro. Creio que mesmo que Gregório continuasse, o Belenenses nunca chegaria aos lugares cimeiros. Agora busca-se por José Mota, na tentativa de se garantir a permanência. Depois dos problemas com os guarda redes (Riça foi uma boa contratação!), Miguel Rosa é o único que se aproveita até agora da equipa.

  • João Pinto e Pedro Miguel
    As expectativas sobre ambos os treinadores era elevada, mas está a cair a pique.
    Ou as coisas mudam, ou os seus lugares podem ter os dias contados.

  • Varzim
    No último lugar, continua sem ganhar. Nos últimos 4 jogos, empatou em todos. Só falta a vitória!

PAULO ALVES
(Gil Vicente)

sábado, 23 de outubro de 2010

Liga Orangina - 5ª Jornada

Apesar de já terem muitos jogos nas pernas, os jogadores da Liga Orangina ainda só jogaram cinco jogos para o campeonato. Até agora, nesta jornada, só tem dado empates. Destaque para o Freamunde que ainda não ganhou, empatando novamente. O Penafiel também podia ter feito melhor frente a um Trofense, que não vai lá das pernas...





  • Estoril





  • Freamunde.
    Os nortenhos continuam sem vencer, mas marcaram o seu primeiro golo, pelo inevitável, Bock, que já conta com 3 anos. Nicolau Vaqueiro não está a corresponder às expectativas.
  • Porfírio Amorim
    Já o havíamos referenciado como o "Negativo da jornada" e oo tempo vem dar-nos razão. Ou a situação muda, ou o Trofense arrisca-se a continuar no marasmo da mediania. Já no ano passado esperou-se mais. Este ano, as expectativas são ainda mais baixas...






Foto: Facebook dos Veteranos do Belenenses

Apontamentos - 22 de Outubro

Após duas semanas de paragem, o campeonato está de volta.
  • Um problema na lateral esquerda do Benfica
    É uma necessidade para uma posição negligenciada pelo Benfica, ao longo do tempo. Principalmente, desde que Leo saiu do clube, tem-se feito adaptações. Di Maria, Coentrão e .... Pois não há "e". Quer isto dizer que um clube que luta para ser campeão não tem alternativas (válidas) para um posto tão importante como o de lateral esquerdo. César Peixoto é mediano. Gaitan, que custou 8.4 M€, está ser contraproducente. Sobra o inexperiente Fábio Faria.
    A sorte é que o adversário é o frágil Portimonense que não deve dar grandes preocupações.

  • Hulk nas nuvens.
    É inevitável não falar de Hulk e do seu momento de forma: mais dois golos decisivos que muito tem contribuído para o sucesso de uma equipa que não perdeu qualquer jogo oficial até ao momento. Maicon vai ganhando peso na defesa, embora ainda não convença. Melhor está Sapunaru. Ao mesmo tempo, o estatuto de Rolando vai sendo fortificado. Álvaro Pereira é indiscutível. Moutinho está em grande nível, tal como Falcao. Belluschi está em progressão e Rodriguez está uns furos abaixo do esperava.

  • O velho Liedson de volta no Sporting
    Se houve coisas boas que esta semana trouxe, foi o Liedson goleador, também ele em crise. Quem também marcou, foi Postiga. Uma novidade, tendo em conta que estamos a falar de um ... avançado! Paulo Sérgio surpreendeu frente ao Gent e renovou a confiança em Hildebrand. A verdade é que cometeu um falhanço gritante que resultou num golo do adversário, mas a equipa ganhou!
    Nem em Outubro, os jornais param de especular. Hoje o jornal ABola dá conta do interesse da Juventus em Carriço (segundo o site 4-4-2). Haja paciência!

  • Braga - Olhanense
    O Braga recebe hoje, no Axa, o Olhanense, uma equipa simpática que está a fazer um bom início de época, apesar de ter sido das últimas a planear a pré temporada (tal como P. Ferreira). O Braga vem de uma vitória histórica e milionária e prevê-se um jogo equilibrado e com poucos golos, ora não fosse Moretto, a seguir a Helton, o guarda redes menos batido!

  • V. Setúbal - V. Guimarães
    O Guimarães depois de jogos iniciais muito fracotes, está a recuperar e numa boa posição. Aliás as equipas de Manuel Machado costumam arrancar sempre muito bem. Os reforços Faouzi, Maranhão e Toscano parecem ser boas apostas. Bom trabalho de José Pereira. Já o Setúbal segue equilibrado e com o guarda redes Diego a dar nas vistas. Note-se que ele esteve na descida do Leixões, na época passada.

  • Direcção demissionária no Beira Mar
    Parece sina do Beira Mar e com a crise actual não se espera um futuro muito risonho. A vontade de Mário Costa em tomar conta de um barco quase naufragado foi naturalmente muito bem recebida no início da época, mas como o dinheiro não estica e ninguém prescinde dele, novos obstáculos surgiram o clube está outra vez perto do fim!
    Um vencedor da Taça de Portugal e a cidade não merecem esta agonia!

  • P: Ferreira - Beira Mar
    Duas equipas que buscam a permanência, mas que a nível de estabilidade financeira e directiva estão nos antípodas uma da outra. O P. Ferreira está tranquilo a meio da tabela, a promover as suas novas estrelas: Rondon e Caetano (que pertencem aos quadros do clube), Nelson Oliveira (emprestado pelo Benfica) e o treinador Rui Vitória. O Beira Mar procura oxigénio para sobreviver na Liga e no futebol.

  • Académica - Nacional
    Dois candidatos à Europa e moralizados. A Académica tem o segundo melhor ataque e está a viver o melhor momento das últimas épocas.

  • Ivanildo indisciplinado
    O Portimonense é candidato à descida.
    Mas se o treinador não inspira sucesso, a escolha do plantel deixa muito a desejar. Ivanildo, com um logo historial de indisciplina continua a portar-se mal e no treino de ontem tornou a ter problemas de atitudes incorrectas. Mais um factor de instabilidade a ter prejuízos no desempenho global da equipa.

  • Benfica no Estádio do Algarve contra ... uma equipa algarvia
    É verdade. Desta vez não é o Estoril, mas o Portimonense. Por falar nisso, oxalá, os adeptos benfiquistas não levem a sério o apelo irreflectido do presidente Luís Filipe Vieira para não comparecerem nos jogos fora para apoiar a equipa. Há uma coisa chamada responsabilidade social. O Benfica é uma enorme fonte de receita para muitos clubes.

  • A caixinha chamada U. Leiria
    O campeonato do Leiria não está a ser galvanizante, muito menos as suas exibições. Porém, a equipa está a primar pela eficácia e segue 11 pontos. Um contributo positivo de Pedro Caixinha.

  • Sá Pinto na U. Leiria
    Como treinador adjunto, está vista a estratégia de João Bartolomeu: mais cedo ou mais tarde vai lançá-lo como treinador principal.
  • Tragédia belenense
    O Beira Mar ficou sem direcção, o Belenenses tem uma, mas não se sabe até quando durará. Com o estalar da crise económica no país, os problemas financeiros no Belenenses também se agudizaram e de que maneira. Nos espaço de 6 meses, os cortes e as penhoras, que puseram em causa a continuidade do clube foram uma constante. A piorar as coisas está o fraco desempenho desportivo: a equipa desceu a época passada, foi eliminada da Taça da Liga, tem 4 pontos em 12 e já foi arrumada da Taça pelo ... Ribeirão.
    Quanto tempo durará mais o Belenenses?
    Arrastar-se-á como o Boavista ou acabará como o E. Amadora?

Síntese da última semana

A semana fica marcada naturalmente pela glória portuguesa nas competições europeias. Soa a estranho dizer estas palavras nos últimos anos, onde as equipas portuguesas têm acumulado fracassos atrás de fracassos (este ano foi o Marítimo o primeiro a desiludir).
Pois bem, o Sp. Braga conseguiu a sua primeira vitória. Tal como a estratégia pedia, venceu o adversário teóricamente mais acessível. Os brasileiros Lima e Matheus marcaram os golos bracarenses, enquanto o central Moisés está na equipa da semana da UEFA. Parabéns a Domingos e aos seus comanadados. Tudo ainda é possível.
Na França, o Benfica fraquejou e foi derrotado pelo Lyon. Uma exibição para esquecer e muitos erros para corrigir.
Na Turquia, o FC Porto segue o seu belo passeio. Hulk tornou a ser mais uma vez decisivo, tal como Moutinho e a defesa. AVB está a dar uma tareia de luva branca aos seus críticos.
Já o Sporting, surpreende. Nas competições internas está a ser um desastre. Não vence na Liga desde Agosto e quase que ia sendo eliminado na TP frente ao Estoril. Na Liga Europa dá show. Temos dois Sportings. E nesta altura do ano, é preferível ser eficaz na Europa (onde caem €) do que no campeonato, pois há tempo para recuperar.

sábado, 9 de outubro de 2010

Apontamentos - 9 de Outubro

Face à nossa ausência nas últimas semanas vamos comentar os assuntos do momento:

  • André Villas Boas e a sua responsabilidade
    Apreciamos bastante a atitude de Villas Boas em assumir o seu erro publicamente e em pedir desculpas pela injustiça das suas afirmações.
    Carácter, humildade e responsabilidade são mais características que se juntam às do "treinador prodígio" que está na senda do sucesso.
    Um bom treinador não se faz só de vitórias, mas também de personalidade.
    Mais uma bofetada de luva branca para muitos, inclusivamente para aqueles que o chamam de "ridículo" mas que nunca tiveram nem terão coragem para fazer o que AVB fez!
  • Instabilidade directiva no Sporting
    JEB tem sido atacado nos últimos dias, muito por culpa dos péssimos resultados desportivos da sua equipa de futebol. Quando não se atinge resultados ou objectivos é porque há falhanços. Seja no futebol, seja em qualquer outra coisa. A saída de João Moutinho, a novela Izamilov, as críticas sistémicas de Bento Valente e a figura de um director desportivo, mais vaidoso que competente são ingredientes que tornam os seus últimos meses,num verdadeiro castigo ao sucesso.
  • Benfica quer galvanizar à força toda
    O Benfica surpreende ao levantar a possibilidade de faltar ao jogo no Dragão!!!
    Não há mais nada para chamar a tenção????
    Alguém com dois palmos de testa se vai acreditar nisso???
    Faz lembrar a especulação de pré época sobre se a U. Leiria iria utilizar o estádio municipal ou não. Chegou ao fim, nada de novo... A imprensa aproveita e entretém(-se).
  • Eduardo despedido
    Eduardo não seguiu as pisadas de sucesso do seu homónimo no Sp. Braga. Foi apanhado a incumprir o regulamento do clube (aliás, seria de um outro clube qualquer) e foi despedido. Uma medida exemplar. António Salvador não está para brincadeiras... devia servir de exemplo a muitos outros presidentes.
  • Lucro bracarense
    3.3 M€ não é em todos os exercícios. Para evitar o que sucedeu a muitos outros clubes, há que ter muita cabeça e os pés bem assentes no chão na forma como estes vão ser aplicados.
    Quanto ao voto de louvor pelo desempenho financeiro à Administração, é completamente justo e merecido.
  • E... Ricardo
    Faouzi, Toscano e Maranhão têm sido os nomes mais falados deste início simpático de época do V. Guimarães. Mas porque não referir também o nome de Ricardo (ex Paços de Ferreira) que tem sido esteio principal da defesa vimaranense. Está em excelente forma e decisivo no Vitória.
  • Rogério Gonçalves de volta à Naval
    Pela terceira vez, Rogério Gonçalves ingressa na Naval. Desta vez é à 8ª jornada, numa casa onde já foi muito feliz. Há muito tempo para desenhar um caminho de sucesso e tirar a equipa do 14º lugar.
  • Zhang, uma das figuras da semana
    Deu nas vistas ao serviço do Mafra, da IIª Divisão no jogo da Taça de Portugal frente ao Sporting. Agora está no Leiria e na 6ª feira saltou do banco para marcar o seu 1º golo e um dos da vitória do seu clube. Está no bom caminho!
  • Micael Sequeira por Vitor Oliveira
    O D. Aves foi o primeiro clube da Orangina a trocar de treinador.
    A derrota em casa no domingo do frente ao Gil Vicente foi a 4ª consecutiva e deixou a equipa no 13º lugar, com apenas 4 pontos. São resultados insatisfatórios é verdade. Mas valerá a pena trocar já de treinador à 4ª jornada?
    Parece-nos que não. Micael Sequeira merecia mais um voto de confiança e tem razão nos seus lamentos!
    Chega Vítor Oliveira, um treinador habituado a subir, mas isso não é garantia de nada, pois no Trofense, o trabalho correu mal.
  • Sucesso no Gil Vicente
    Paulo Alves é um treinador bem sucedido em Barcelos. Teve um estratégia arriscada ao importar um contingente de jogadores brasileiros desconhecidos, mas até agora está a ter sucesso.
  • Bwin Cup
    É esta a nova designação da Taça da Liga. A sponsorização do nome da competição vai inclusivamente ser mais rentável. Uma óptima notícia em tempos de crise e aperto. Por falar nisso, o Estádio do Algarve, que ganhou os jogos do Portimonense, perdeu a final da Taça, por alegada falta de colaboração das entidades locais. É inadmissível esta justificação, ainda por cima referente a um dos maiores "elefantes brancos" de Portugal.
  • Cissokho na selecção francesa
    As voltas que a vida dá. Quem diria há três anos que Cissokho, um jogador desconhecido do mundo, chegaria à selecção francesa. Grande mérito na ascensão meteórica deste lateral esquerdo para o V. Setúbal que lhe abriu as portas de acesso a uma escada de sucesso. Sem problemas dentários, quem lucrou mais com a sua projecção foi o FC Porto, que comprou barato e vendeu muito caro.
  • Trio de Ataque
    A saída de Rui Moreira foi um dos assuntos quentes da semana. Foi o primeiro caso do género em Portugal e agora alguém quererá a sua cadeira? Faz sentido continuar com o programa? O FC Porto já disse o que tinha a dizer, tomando as dores do seu adepto.

Mudança galvanizadora


Paulo Bento venceu o seu 1º jogo oficial como treinador e elevou a confiança dos jogadores e adeptos portugueses.
A sua chegada a cargo de seleccionador foi tardia, como é, aliás, comum a todas as decisões dos portugueses: resolve-se sempre tudo à última hora e até lá anda-se sempre com remendos e mais remendos. É assim na economia, na política e na selecção. A chegada de Paulo Bento foi bem vinda, depois de se ter chegado ao ponto de qualquer seleccionador que não fosse Carlos Queirós seria bem acolhido.
Assim foi, depois do improviso muito mal sucedido de Agostinho Oliveira, chegou Paulo Bento, que esteve 4 anos no Sporting, sem nunca ter alcançado o objectivo de ser campeão.
Ontem, no Dragão, a selecção apresentou elevados níveis de confiança e de sentido prático, conquistando justamente a (necessária) vitória. Nani (2) e C. Ronaldo marcaram os golos, sendo notar o bom entendimento entre João Moutinho e Raul Meireles.
Um outro aspecto positivo que tantas vezes reclamamos para a selecção foi a sua humildade. Gostei da dedicatória de Paulo Bento no final do jogo e da ausência de vaidades (tão irritantes e dispensáveis dos tempos de Scolari e Queiróz).
Oxalá, o espirito e a confianaça deste jogo se mantenham.

Links: Maisfutebol. Foto: SapoDesporto

sábado, 2 de outubro de 2010

Olhanense a carborar

O Olhanense tem surpreendido neste inicio de época pela regularidade, que é, aliás, uma característica das equipas de Daúto Faquirá. Nesta jornada venceu tranquila e justamente o V. Setúbal por 3-1.
Os golos foram curiosamente marcados pelo sector mais forte da equipa: a defesa. Os concretizadores foram Maurício, João Gonçalves e Jardel. Foi um prémio justo para os três.
Maurício, 34 anos, é o patrão da defesa. Faz da experiência uma mais valia e já merecia este golo. João Gonçalves, após uma época inteira lesionado, regressou finalmente ao activo e tem contribuído decisivamente para a consistência da equipa. Foi a sua estreia a marcar na Liga principal. Já Jardel, veio do Estoril, através da Traffic. No seu ano estreia na Liga (e segundo no campeonato português) agarrou o lugar e a certeza de ser uma valor a seguir com atenção, pois tem apenas 24 anos!
O Olhanense ascendeu ao 2º lugar, com apenas 4 golos sofridos em 7 jogos.
A equipa da Daúto está muito bem lançada.

Crónica aqui Declarações aqui Imagem: Lusa

Lavagem de roupa suja

Zangam-se as comadres, descobrem-se as verdades!
O velho ditado popular aplica-se perfeitamente à situação gerada pela saída Carlos Queirós de seleccionador nacional. O ex-seleccionador e Deco vieram esta semana para a praça pública trocar acusações e atacar-se mutuamente.
Não há pachorra!!!

domingo, 26 de setembro de 2010

Liga ZonSagres - 6ª Jornada

Nesta jornada, o FC Porto tornou a ganhar, com mais uma excelente exibição e com um homem a assumir a excelência de uma equipa: Hulk. O Porto segue com o pleno, após muitas dúvidas que subsistiam quanto ao seu treinador.
A Académica também está a surpreender esta época: um inicio pujante e surpreendente, após anos a penar nos últimos lugares da tabela.
O Benfica parece estar a recuperar depois de um início tímido, mas ainda está a 9 pontos do líder. Naval e Marítimo estão fraquinhos. Se dos figueirenses já se esperava, dos madeirenses, nem por isso.







  • Hulk e André Vilas Boas
    6 jornadas e muitos agoiros depois, André Vilas Boas está a ter um desempenho notável, calando todos aqueles que dramatizaram depois do Torneio de Paris. Bem nos recordamos do "fim do mundo" que foram as suas derrotas nos particulares de pré época, com muitos a temer o futuro. Na altura, defendemos o treinador e o tempo veio dar-nos razão. Nesta jornada o FC Porto venceu e convenceu no jogo com o Olhanense.
    Hulk está a ser, sem dúvida, a figura deste arranque de campeonato, onde já marcou 5 golos, com uma influência assinalável quer nas competições internas e externas. Fernando foi outra das figuras do encontro, já para não falar de Otamendi, que na sua estreia a titular marcou logo um golo. O central roubou o lugar a Maicon.
    O FCP segue na poltrona com 100% de vitórias e com a melhor defesa (2 GS/6J).

  • Jorge Costa

    A Académica costuma ser daquelas equipas, com orçamentos razoáveis, mas que luta habitualmente pela permanência e que reside constantemente na segunda metade da tabela. Esta época, felizmente, o cenário está a ser diferente. A equipa está galvanizada, com o segundo melhor ataque do campeonato e muito motivada.
    No sábado venceu o V. Guimarães por 3-1, com golos de Sougou (já marcou 4!), Diogo Melo (que chegou da Liga Honra) e Laionel (que havia marcado ao Benfica). Os de Coimbra estão muito empolgados e abrem o "apetite" para o resto do campeonato. Espera-se é que as assistências do Municipal aumentem (ontem só estiveram 4.506 espect.)

  • Fábio Coentrão
    Depois da vitória frente ao Hapoel e do derby frente ao Sporting, o Benfica parece finalmente estar a recuperar! Fábio Coentrão fez aquilo que Cardozo não conseguiu fazer durante 90'. O Benfica venceu e finalmente trepa na tabela. 9 pontos (metade do líder).

  • Domingos Paciência
    Depois de criticado e crucificado nos últimos dias pelo abaixamento de resultados, nesta semana, deu a volta. Venceu (finalmente) a Naval por 3-1 e mantém-se bem classificado. Paulo César e Mossoró (também finalmente!) marcaram.

  • Sporting
    Eternamente a marcar passo e a afundar-se. Parece que ainda não vai ser desta que vai ser campeão.




  • Vítor Zvunka
    É candidato ao segundo despedimento!
    Depois da derrota, mas com boa exibição, frente ao FC Porto, só se seguiu uma vitória (na 2ª Jornada frente ao Portimonense) e pouco mais. A equipa tem 4 pontos e nesta jornada perdeu 3-1 com o Sp. Braga.

  • Rio Ave.
    O que é que se passa com a equipa esta época?
    Mais uma jornada que passou e o Rio Ave sem vencer, afundado na tabela. Em 6J, apenas 2E. É verdade que perdeu de grande penalidade no último minuto, mas perdeu.
    Olhando para o plantel actual e para o da época passada, constata-se que houve uma renovação. Nomes pesados no balneário como Bruno Mendes, Mora, André Vilas Boas e Carlos foram dispensados, aos quais se juntam os laterais Sílvio e Fábio Faria. Poderá ser um problema de identidade? Talvez, mas urge que a equipa se encontre a si própria e recupere o tempo perdido, porque a Europa já era!

  • Marítimo
    Apreciava Van der Gaag e aprecio Pedro Martins, mas nenhum deles está a ter sucesso com esta equipa. Porque será?
André Villas Boas
(FC Porto)






  • Olhanense e V. Guimarães
    Ainda não tivemos oportunidade de elogiar o desempenho destas duas equipas, por sinal de dimensões bem diferentes. Ambas perderam nesta jornada, mas isso não apaga o que de bom têm feito. O V. Guimarães começou tímido, mas há duas jornadas surpreendeu ao vencer o Benfica. Nesta jornada, amealhou a sua primeira derrota. Rui Miguel, Toscano e Maranhão são referências da equipa. Já o Olhanense arrancou tarde a preparação da época e Jorge Costa deixou uma herança pesada. A resposta de Daúto foi eficaz e competente, com os algarvios a terem a melhor defesa do início da época. Moretto é o guarda redes. Maurício é outra referência (se bem que nesta jornada esteve muito mal no 2º golo do Porto). Duas equipas agradáveis.
  • Litos
    Criticamos a sua continuidade, ambição e capacidade. Hoje constatamos que até se está a aguentar bem. Tem 7 pontos, num lugar tranquilo, com 2 vitórias conquistadas precisamente no estádio que tanto temia, o do Algarve. Afinal, não passava de uma falsa implicância. O Portimonense tem ganho a adversários directos e isso é muito importante.
    Nesta jornada, venceu o Beira Mar por 1-0, com um golo de ... barriga de Peña, após um trabalho exemplar de Kadi. A exibição foi má, mas foi eficaz...Uma curiosidade: 7 golos de 7 jogadores diferentes.
  • U. Leiria
    Tem 8 pontos fruto de duas vitórias e ainda não houve um jogo que convencesse. Resultados sofridos, com vitórias a surgir de GP no último minuto como hoje, mas com eficácia de resultados. O ataque diz tudo: apenas 3 golos marcados!
    Quer-se mais Pedro Caixinha!

Liga Orangina - 3ª Jornada

À 3ª jornada, não há uma única equipa que tenha conseguida o pleno: 3 vitórias. Todas já vacilaram: umas mais, outras menos. O Penafiel e o Gil Vicente foram as mais eficazes, enquanto Freamunde, Santa Clara e Varzim foram as que mais vacilaram.




  • Lázaro Oliveira.
    O seu trabalho no Penafiel na 2ª volta da época passada foi excelso. Recuperou a equipa de forma inacreditável e fez dos jogos em casa um trunfo. Esta época, vai pelo mesmo caminho. Manteve a estrutura da época passada e o inicio está a ser prometedor. Ainda não perdeu para o campeonato, segurou a Taça da Liga, mas já foi eliminado para a Taça de Portugal. Nesta jornada, venceu o Fátima por 2-1 com golos de Vítor (que foi preponderante no período referido) e de Bruno Madeira (que regressou a casa).
  • Miguel Rosa
    A figura do Belenenses! Foi o responsável pela 1ª vitória da equipa (descontando a da Taça de Portugal no prolongamento) e já na época passada foi o "abono de família" do Carregado. O Belenenses ganha uma nova confiança e tranquilidade
  • Varzim
    Conquistou o seu 1º pontinho





  • Porfírio Amorim
    O Trofense não está a render o que devia! Depois da prestação medíocre na Taça da Liga, na semana passada, o Trofense foi eliminado frente ao U. Madeira, da IIª Divisão, da Taça de Portugal. Esta semana, empatou a zero em casa com o Varzim. Esperava-se mais deste candidato!
  • Santa Clara e Freamunde
    Obtiveram derrotas comprometedoras, sendo que os capões já foram eliminados da Taça de Portugal. Nicolau Vaqueiro está numa situação comprometedora.

Lázaro Oliveira
(Penafiel)

sábado, 4 de setembro de 2010

Falta o ponto final

Não há palavras para descrever o jogo de ontem de tão mau que foi!
Não se aproveitou nada e a questão que se coloca é quem foi o pior jogador em campo?
O resultado foi penoso, a exibição ainda pior. Tudo isto culpa de uma Federação que está num caos e pior, sem fim à vista.
Não há ninguém que ponha um ponto final nisto?
Ah, os Sub 21 foram outra tristeza, que até dá aziaTalvez esta foto sirva de inspiração para o futuro ...
Links: Mais futebol e I

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Deprimente

É quem mais foge

Depois de Deco (logo após o Mundial) e Simão Sabrosa, agora é Paulo Ferreira a renunciar à selecção.
Os timings dos anúncios de Sabrosa e Ferreira não são os ideais e dá a sensação de que há algo muito mal explicado!
  • Porquê no momento em que se tenta expulsar Carlos Queirós do cargo de seleccionador?
  • Porquê uma semana antes do 1º jogo para o apuramento para o Europeu?
  • Porquê dois jogadores influentes tomarem a decisão em datas tão próximas?
Onde fumo, há fogo, diz o povo.
Link: Maisfutebol

domingo, 29 de agosto de 2010

Liga Zon Sagres - 3ª Jornada


À terceira jornada, muitos já esqueceram os falhanços de Roberto, apenas porque defendeu um mero penalty. O guarda redes teve mais uma saída em falso comprometedora e contou com a passividade atacante do Vitória, que esteve, aliás, muito aquém do que se esperava. Já Maxi Pereira, queimou por completo Júlio César (que passe tão infantil!). A sua saída ditou o sucesso (temporário) do espanhol. Luisão voltou a demonstrar ser o esteio da defesa. Cardozo voltou aos golos, juntamente ao Aimar. Tivemos o Benfica da época passada de volta, mas o fantasma de Roberto ainda não desapareceu!!!
Na Choupana, destaque, claro, para Toscano: 3 golos, num jogo onde o Guimarães se apanhou a perder. Grande jogo do brasileiro.
O Portimonense continua a desiludir. 3 jogos sem uma única vitória. O alerta continua: a equipa (plantel e técnica), como está neste momento, não deverá conseguir a permanência. Já o P. Ferreira continua a pontuar. Deu a volta ao jogo, onde nunca esteve a ganhar, e alcançou mais um empate.
Em Aveiro, primeira vitória do Beira Mar, perante uma Académica leviana e distraída, quiçá ainda a pensar na vitória do Benfica, que já ocorreu há duas jornadas. Wilson Eduardo e Djamal estrearam-se a marcar na Liga (Crónica).
Em Braga, SÍLVIO tem tido uma ascensão meteórica no último mês. Do Rio Ave, assumiu a titularidade, brilhou frente ao poderoso Sevilha, fez um golaço nesta jornada, para além de ter sido o melhor do Braga (e da jornada) e até já foi convocado para a selecção. Se fosse do três grandes, hoje estaria na capa dos jornais, mas como não é ... E pensar que o Benfica o desperdiçou e teve que jogar na IIª Divisão, no Odivelas, para singrar. Pelo seu percurso de humildade, é justo dar-lhe todos os elogios porque merece.

Quanto ao jogo, o Braga ganhou com o tal golo de Sílvio e continua o seu percurso agradável. Já o Marítimo ficou muito aquém do que se esperava. Em 2 semanas tudo mudou para Van der Gaag, depois de ter conseguido goleadas na Liga Europa. Foi eliminado na última fase antes dos Grupos e comanda a única equipa que ainda não pontuou na Liga.
Em Vila do Conde, o FC Porto, sem brilhar, fez q.b. para ganhar ao Rio Ave. Hulk tornou a brilhar (bisou), reafirmando o protagonismo da época passada. Daqui a 2 semanas, vai ser a doer para o FCP, pois segue-se o Braga.





  • Benfica (valeu pelo colectivo e não por Roberto, que tornou a estar inseguro)
  • Toscano (3 golos)
  • Leonardo Jardim (1ª vitória - já merecia)
  • Sílvio (o jogador do momento)
  • Hulk (novo bis, a decidir a partida)



  • Maxi Pereira (comprometeu o jogo e queimou Júlio César)
  • Litos (Portimonense. É candidato a sair, pois não se perspectivam melhorias. Por duas vezes a ganhar o jogo, deixou fugir o "pássaro" nas duas vezes!)
  • Marítimo (3J 0P)

André Villas Boas
(FC Porto)

Liga Orangina - 1ª Jornada

Depois do preâmbulo da Taça da Liga, registaram-se alguns resultados inesperados.

Desde logo a derrota do Leixões na Covilhã (que valente "murro nos estômago"). Problemas de finalização e organização da equipa foram os principais problemas. A equipa é boa e precisa de acordar. Augusto Inácio é homem para a espicaçar.
No Restelo, esperava-se mais do D. Aves (que investiu muito esta época). Só marcou por g.p. convertida por Rabiola, enquanto que o Belenenses, depois das exibições e resultados deprimentes da Taça da Liga, nem começou mal. Camará tornou a marcar. Um jovem para seguir com atenção.
Na Póvoa de Varzim, a equipa da casa lutou, lutou, mas tornou a sair derrotada, com muitos erros defensivos (4 golos sofridos). Já o Penafiel surpreendeu depois do êxito na Taça da Liga. Muitas individualidades destacaram-se nesta equipa que está a prometer muito: Digão e Michel para além dos marcadores dos golos: Manoel, Bruno Madeira e Rafa.
Quem também entrou com o pé direito foram Moreirense e Gil Vicente. Pelo Moreirense, marcou Rodrigo (ex Sp. Espinho), enquanto que pelos gilistas marcaram dois brasileiros que chegaram ao abrigo e protocolos com clubes desses país. Aliás, os resultados do Gil Vicente estão a ser bons, confirmando o bom olho de Paulo Alves para talentos. Já o Trofense voltou a desiludir. Porfírio Amorim é candidato à primeira saída.
A Oliveirense também entrou a ganhar e o Arouca estreou-se com um empate.





  • Penafiel (todo o colectivo)
  • Paulo Alves (dois golos de dois reforços escolhidos por si)
  • Sp. Covilhã (venceu o superfavorito Leixões)
  • Rodrigo (Moreirense - golo solitário que valeu os primeiros 3 pontos no campeonato)





  • Porfírio Amorim (Um inicio desastroso e disfuncional!)
Lázaro Oliveira
(Penafiel)

sábado, 28 de agosto de 2010

Bons e maus negócios

Ultimam-se as movimentações de mercado.
  • O FC Porto acaba de vender Raul Meireles por 13 M€. Um bom valor, tendo em conta que já estamos a 28 de Agosto. O seu substituto está há muito encontrado (Moutinho). Fica a faltar uma referência para o centro da defesa (o recém chegado Otamendi ou Maicon, que ainda não mostrou muito).
  • O Sporting continua a cometer argoladas em cima de argoladas. Agora, dispensou Tonel (um dos melhores centrais do plantel e, pior, que marca golos decisivos), Pongolle (que custou uma fortuna) e Stojokovic. Para além destes, vendeu Veloso e Moutinho por valores demasiado baixos. Olhando para as entradas, Nuno André Coelho. que parece ser um substituto à altura de Tonel, e Evaldo são as referências. André Santos ainda tem que crescer e Maniche está a passar de validade.
  • Quanto ao Benfica, muito calmo nestes dias, mas sem os devidos efeitos nos resultados. Aliás, o reforço Roberto está sob fogo da crítica devido às más exibições.
  • Destaque ainda para mais uma conquista do Sp. Braga: Hugo Viana. O internacional português foi uma das referências da época passada e está de volta, entrando pela porta grande. Salino, o seu substituto, esteve até agora muito bem. Adivinha-se uma luta interessante para um meio campo muito sólido de uma equipa humilde que está na crista da onda.
Posto isto, o FC Porto foi o que melhor respondeu neste mercado, a nível desportivo e financeiro, enquanto o Sporting foi o pior negociador.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Simão e o lobo

Simão Sabrosa acaba de renunciar à selecção num momento particularmente conturbado no que à liderança técnica diz respeito.
Esta coincidência e a justificação de "motivos pessoais" deixam muitas dúvidas e interpretações no ar. Podem-se fazer muitas extrapolações a partir deste pseudo-motivo...
O povo diz e com razão: quem não quer ser lobo, que não lhe vista à pele!!!
Seja como for, temos neste momento uma selecção cada vez mais instável e desfragmentada. A justificação reside nos maus contratos estabelecidos num passado recente, com más consequências para o futebol português.

Link: Maisfutebol e I

Sorteio da Liga Europa

FC Porto e Sporting já conhecem os seus adversários na Liga Europa.
Ambos têm boas possibilidades de seguirem em frente, embora o FC Porto tenha uma equipa muito difícil de ultrapassar, o Besiktas de Ricardo Quaresma. Como passam os dois primeiros, não são esperados muitos problemas.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Liga Europa - Eliminatória

O FC Porto vem confirmar o que já tinha feito nos primeiros jogos (oficiais): a primeira parte é para esquecer. Uma equipa lenta e sem produção. Tem valido que os adversários não têm sido muito fortes, senão já poderia ter havido problemas... A segunda parte, como é habitual, trouxe uma equipa diferente, mais aberta, entrosada e produtiva. Hulk, que já se tinha destacado contra a Naval, tornou a ser a figura do jogo: 3 golos marcados. O quarto pertenceu a Fernando (1º golo em jogos oficiais). Destaque para os primeiros golos sofridos. Apesar da vitória e passagem à fase de grupos, o FCP ainda não convenceu totalmente...
Em suma: 5J: 5V

O Sporting acaba de surpreender. Deu a volta à eliminatória e salva a honra e a pele do seu treinador e presidente. Os leoninos derrotaram o adversário dinamarquês por 0-3. O primeiro golo foi de um reforço e defesa (Evaldo), quiçá inspirado pela glória dos seus ex-colegas do Sp. Braga. O segundo foi também de um reforço e de um defesa (Nuno André Coelho), que contou com um brinde do guarda redes adversário. O terceiro de Djaló.
A equipa, com muitas dificuldades, está a melhorar de jogo para jogo, depois de um início muito conturbado. A confiança e a rotina estão a aparecer, sendo que este resultado e apuramento são importantíssimos, não só a nível desportivo, mas também a nível financeiro.
Em suma: 2J: 1D.3V

O Marítimo foi arrumado pelo BATE Borisov da Liga Europa.
Contra equipas mais frágeis da Irlanda, os madeirenses foram fortes, golearam e ganharam. Contra uma equipa mais forte, a vaidade ruiu e o Marítimo ficou de mãos a abanar. Muito longe da excelente performance do Nacional a época passada.
Em Suma: 6J: 4V 2D

Sorteios amigos

Não se podem queixar da sorte, as equipas portuguesas do sorteio da Liga dos Campeões.
Mesmo assim, o Sp. Braga tem melhores adversários que o Benfica para seguir em frente.
Quanto ao Benfica, se Ol. Lyon é um adversário difícil, mas não dos piores, o Shalke 04 não vai ser nada fácil. Estou-me a lembrar dos oitavos final da LC há um/dois frente ao FC Porto.
Já o Sp. Braga, pode sonhar com os 1/8s final. Se o Arsenal é super favorito, o Shaktar Donetsk é ultrapassável. Se tivermos em conta, que o objectivo de Domingos era meramente disfrutar o momento, ao pedir os "tubarões", é caso para dizer que tem razões para ser mais ambicioso!!!

Sorteio aqui, aqui e aqui

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Sp. Braga excelente

SP. BRAGA
LIMA
MATHEUS
SÍLVIO

DOMINGOS PACIÊNCIA
ANTÓNIO SALVADOR




BRILHANTE! Excelso! Fantástico! O Sp. Braga MERECE todos os elogios! Conseguiu a passagem árdua, inédita e histórica à fase de grupos da milionária LIGA DOS CAMPEÕES!!!
É o ponto mais alto de 89 anos de história!

Curiosamente, os jogadores bracarenses que explodiram nesta noite foram Matheus (que chegou do Marco de Canaveses), Lima (que veio do Belenenses) e Sílvio (que já jogou no Odivelas). Esta equipa fez nascer novas estrelas, que vêm dos caminhos da humildade. Não vencedores antecipados!
Longe da vaidade, com muita persistência, trabalho, ambição e muitas dificuldades o Braga chega ao céu e enche Portugal de orgulho.

Fotos: SAPODesporto; Crónica: MaisFutebol; Público; Jornal I

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Liga ZonSagres - 2ª Jornada

Na 2ª jornada da Liga Zon Sagres, o Benfica desiludiu, com Jorge Jesus a passar de herói a vilão, devido à opção técnica absolutamente falhada em Roberto. O FC Porto de André Villas Boas venceu o Beira Mar (tinha o adversário mais fácil dos candidatos ao título). Enquanto que o Sp. Braga, em poupanças, empatou em Setúbal, o Sporting lá ganhou, com uma vitória a ferros.


ANÁLISE AO BENFICA
A imprensa crucificou Roberto depois dos sucessivos falhanços nos últimos jogos. A teimosia de Jorge Jesus ao insistir no espanhol está a sair caro ao próprio guarda redes (a ponto de até já se equacionar a sua saída, entretanto desmentida), à equipa e até ao próprio treinador. Roberto foi o jogador mais caro de sempre (8.5 M€) e isso está a pesar e muito. A sua competência e valor estão a ser julgados com base em apenas 3/4 jogos. A sua insegurança e falhanços em jogos consecutivos estão a levar a severas críticas (justificadas). Em 2 jogos, sofreu 4 golos, mas não é o único culpado. Na Madeira, os únicos jogadores que se destacaram foram Fábio Coentrão (muito veloz) e Carlos Martins (pelo desequilibro e golo que marcou). Gaitan foi outro zero à esuqerda. Que falhanço na primeira parte! Ora bem, a equipa ainda não encontrou as melhores alternativas a Di Maria e Ramires, o que somado a adversários competentes, está a levar a um fraco desempenho.
As alternativas que restam neste momento a Jorge Jesus é melhorar a sua equipa (reforçando-a, por ex.) e obrigatoriamente proteger o guarda redes Roberto, a equipa e o seu próprio lugar! Como? Mudar o guarda redes. Júlio César e Moreira são boas alternativas.
Muitas vezes, ultrapassam-se as situações, apenas mudando a cara, ainda que os problemas subsistam.
No inicio da época falou-se na possibilidade do Benfica contratar o mundialista Eduardo. Não quis, e agora tem motivos para estar arrependido. Um guarda redes de topo, dos melhores do Mundial, aliás o melhor da época passada na Liga e por metade do preço de Roberto.





  • Nacional.
    Fez um bom jogo frente ao Benfica e mereceu a vitória. Coesão defensiva (apesar de um susto de Felipe Lopes), equipa bem montada e um guarda redes a valer pontos, chamado Bracalli. Para isso contou com a cumplicidade do guarda redes benfiquista, não se podendo, no entanto, retirar mérito à equipa nacionalista. Orlando Sá (curiosamente ex FC Porto) e Luís Alberto marcaram os golos.

  • Matías Fernandez
    A vitória do Sporting foi justa. A equipa fez por isso, embora tenha ainda muito que melhorar. A prova disso é o golo só chegou de penalti e perto do fim. O chileno converteu-a e sossegou as inquietas almas sportinguistas. Os reforços não ainda convenceram.
    Esta vitória traz a motivação e tranquilidade que a equipa tanto precisa neste momento.
    Fica ainda um abraço de solidariedade a João Pereira.

  • Villas Boas
    Os cães ladram e a caravana passa. Há três semanas era a ele a quem punham em causa o valor. De lá para cá, conseguiu o pleno: 4V em 4J. Agora surgem novos protagonistas e AVB, paciente e sorrateiramente, vai aproveitando enquanto os holofotes estão virados para Lisboa, para ganhar. Os adversários têm sido acessíveis e Falcao continua na crista da onda. Belluschi também está em grande momento de forma, novo golo. Temeu-se muito pela defesa, mas nestes jogos fáceis, ainda não vacilou uma única vez. Mas é com o passar do tempo e quando os adversários mais fortes chegarem que se vai avaliar a fragilidade da defesa portista.




  • Litos
    É candidato à saída. Não acreditamos na equipa e muito menos no treinador. Na nossa opinião, ou as coisas mudam, ou o Portimonense não se vai aguentar. Reforços fracos, equipa sem alma e agora com um desculpa nova: o estádio do Algarve. O problema não é o terreno de jogo, está nos profissionais que representam o clube. E a Naval era um bom adversário para ganhar.
JOKANOVIC
(Nacional)






  • Sp. Braga
    Um empate que sabe a vitória e principalmente a um passo atrás para dar dois em frente. A 2ª linha de Domingos não esteve mal, embora se notasse alguma falta de empatia, justificando-se assim os sucessivos falhanços no ataque. Mérito para Diego que esteve bem no Vitória.
  • Marítimo.
    Que semana horrível. 3 derrotas consecutivas, depois de um início muito pujante. A adrenalina continua e só acaba para a semana.

sábado, 14 de agosto de 2010

Liga ZonSagres: 1ª Jornada


Depois da vitória categórica do Sp. Braga, o V. Setúbal e o FC Porto já somaram três pontos. O Sporting causou a primeira surpresa negativa da época.
  • Em P. Ferreira, uma surpresa! O Paços derrotou o Sporting por 1-0, com um golo de Mário Rondon. Caetano (revelação da pré época fez jus a esse estatuto - GRANDE jogador. Promete e tem 3 anos de contrato com o Paços!). Manuel José, preponderante pela assistência no golo e David Simão juntam-se a estes dois nos melhores da partida. O Sporting com erros, parecia a equipa da época passada a jogar! Entrada com o pé esquerdo, depois dos jogos pouco entusiasmantes na Liga Europa.
  • Sp. Braga-Portimonense aqui
  • Nos Barreiros, o V. Setúbal, muito eficaz, marcou por Jailson.
  • Na Figueira da Foz, com o mesmo onze da Supertaça, o FC Porto desiludiu. Um jogo fraco, com uma primeira parte paupérrima. Valeu a mudança de esquema táctico na segunda (e inteligência de AVB) A irreverência de Hulk foi o pouco de positivo que o FC Porto construiu. Ganhou, graças a uma grande penalidade convertida pelo melhor jogador em campo, Hulk. Muito sofrimento, que demonstrou um FC Porto ainda em construção e um treinador, que naturalmente, ainda tem muito trabalho pela frente.

Sp. Braga arrasa

1ª Jornada O Sp. Braga venceu com todo o mérito um frágil e incompleto Portimonense.
No jogo de ontem tudo correu bem e ficou claro quem vai substituir quem:

FELIPE -- Eduardo
ELDERSON -- Evaldo
SALINO -- Hugo Viana
LIMA -- Rentreria

Nenhum deles desiludiu, todos estiveram ao mais alto nível.
Felipe, sempre que foi chamado a intervir, esteve bem. Elderson, que já tinha chamado a atenção na Liga dos Campeões, esteve ao nível do seu antecessor. Trata-se de um jovem nigeriano (22 anos) que esteve na sombra do Rennes B. Salino, muito discreto no Nacional e cujo valor de mercado era baixo, foi um dos melhores campo, marcando um (belo) golo e Lima também satisfez. Paulo César voltou a marcar e Matheus a dar nas vistas (com mais um golo).
O adversário não complicou muito, mas o jogo serviu para afinar e mostrar um Sp. Braga alinhado, pouco afectado com as saídas e com a promessa de manter o nível da época passada. Oxalá nenhumas destas exibições tenha sido uma ilusão!

Quanto ao Portimonense, um erro crasso de Litos foi na baliza. Porque razão preteriu Nuno Santos, em prol de Pedro Silva (o terceiro guarda redes da época passada, que em 2008/09 estava no Eléctrico da 2ª Divisão). O desastre começou por aí - excessiva insegurança. Venha Ventura e rápido! Sem este e Candeias por restrições regulamentares e Litos por opção, o onze inicial foi terrível. Salvou-se nesta apresentação Jumisse e Pelembe (agradáveis surpresas) e Peña. Há MUITO a melhorar e a mudar (3 jogadores com nota positiva é muito fraco!!!)
Crónicas em: Jornal I; Mais Futebol; Público

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Anuários

Lá vai o tempo, em que o Público, o DN e o JN ofereciam aos seus leitores um anuário com os planteis.
Este ano, o Público não ofereceu nada, enquanto os jornais da Controlinvest publicaram um em conjunto, exigindo o preço de 1€! Já os desportivos publicam cada o seu a valer 3€. Que saudades dos bons velhos tempos.

Porém, hoje o I publicou um suplemento "Liga Zon Sagres".
O formato é interessante e criativo, principalmente quando comparam as aspirações de cada clube a uma canção portuguesa e a dose de humor na "Pergunta".
No entanto há 3 reparos: primeiro não são 48 páginas como vem na capa. São 39 (11 são publicidade - 23%); segundo: o texto dedicado ao FC Porto é confuso e imperceptível. A ideia até tem cabimento: AVB nasceu quando o FCP começou a ganhar títulos, mas o texto é tão rebuscado e complexo que fica uma verdadeira ... confusão; o terceiro, não há nada como pôr jornalistas regionais a escrever sobre as equipas que habitualmente acompanham - nota-se logo os textos de "laboratório", dos de terreno.

Aliás, fica a sugestão ao I, porque não aproveitar a sua rede de jornais regionais para melhorar a sua informação regional e desportiva? Até porque muitos desses jornalistas escrevem para a concorrência...

Nota: o CM vai só publicar amanhã o seu . Link do I direccionado para o Editorial de hoje

O Conto de Bebe

Bebe surpreendeu o país e a Europa pela sua contratação pela Manchester United.
O valor foi astronómico (9 M€ ... tanto como Miguel Veloso) para um jogador que ainda há um/dois anos jogava na selecção nacional de futebol de rua e no E. Amadora da IIª Divisão.
Foi referenciado acima de tudo pelo mês de pré época no V. Guimarães. Porém, um mês é pouco, para um jogador que não faz a mínima ideia do que é pressão e a alta roda competitiva do futebol. Bebé vai ainda "bebé" para o colosso europeu e este choque pode não ter os resultados pretendidos.
É verdade que é um "conto de fadas" como muitos apelidam, mas ou o prodígio é competentemente acompanhado ou a sua natural inexperiência e imaturidade podem ser as suas maiores inimigas.
Tal como em André Villas Boas, agora também me parece que o jogador não deve dar um passo maior que a perna e fazer o trajecto passo a passo.

É claro que o negócio foi "da China" para o V. Guimarães (9 M€ por um jogador a custo zero), com mais uma vez o dedo de Jorge Mendes (o abono de família para os clubes portugueses).
Só o futuro o dirá, mas espero que o sonho de fadas, não se torne num pesadelo de bruxas.
Link: Jornal I Jornal I (2);

Antevisão Liga Zon Sagres


Começa hoje mais um campeonato nacional. Não são esperadas muitas variações nas classificações face à época passada. As prevista talvez sejam no 2º lugar, onde não se prevê um Braga tão forte e um Porto tão fraco; e talvez na luta pela 5º lugar europeu.
Fica uma análise rápida:

Benfica
Candidato, naturalmente. Di Maria e Ramires estão de fora, mas os reforços são bons. Expectativas altas.

Sp. Braga
A surpresa da época passada tem um início muito mais pressionante este ano. Vai jogar nas competições europeias até Dezembro pelo menos; tem o campeonato (com um calendário equilibrado), Taça de Portugal e Taça da Liga. Veremos se tem camioneta para tanta areia.

FC Porto
Ganhou crédito após a explosão na Supertaça. AVB ainda tem tudo para provar e as comparações com Mourinho já começam a não ter piada, mas não haja grandes dúvidas, que o objectivo da sua contratação foi esse. Bruno Alves foi a perda de vulto e a inexperiência de Maicon pode ser traiçoeira.

Sporting
Ainda há muito que desbravar e conquistar no que à confiança dos adeptos diz respeito. As saídas de João Moutinho e Miguel Veloso caíram mal, quer em relação ao destino e principalmente em relação em valor. Os reforços são mais velhos, mas nem por isso melhores.
A confiança é baixa.

Marítimo
Começou a época muito bem. Tem de melhorar a defesa, mas levanta-se da questão da capacidade da equipa aguentar todas as competições ( veja-se o exemplo do vizinho Nacional). O plantel sofreu apenas ajustes.

V. Guimarães
As perspectivas são boas. A venda de Bebé apanhou todos de surpresa e por isso o plantel terá que ser retocado, principalmente no meio campo. Moreno também saiu, na semana passada, mas a sua lacuna já foi bem tapada por João Paulo. Nuno Assis e Desmarets ainda não têm substitutos à altura.

Nacional
Um campeonato semelhante ao da época passada, são as perspectivas, mas sem o desgaste da participação nas provas europeias. O Nacional goza ainda de ter sido a primeira equipa a ter o plantel pronto. A única perda significativa foi Edgar (o melhor marcador da equipa), mas há motivos para estar optimista.

U. Leiria
Que previsível!!!
A U. Leiria e a Câmara Municipal de Leiria chegaram um entendimento. A ameaça de Torres Novas não passou disso mesmo, uma ameaça. Vai tudo a voltar a ser como dantes. Relativamente à troca de treinador, estamos curiosos para ver como vai correr a época a Caixinha, que tem um início de campeonato facilitado.

Académica
Ver aqui.

Olhanense e Rio Ave
Estão no mesmo patamar, embora a equipa vila condense mantenha a estrutura da época passada, mas sem alguns dos veteranos da equipa. O Olhanense tem bons nomes e um treinador com a imagem beliscada. Está a dar trabalho construir a equipa, mas será que basta ter bons nomes?

Naval
É a maior candidata à descida. Perdeu os seus (poucos) bons jogadores e foi contratar um desconhecido de 58 anos, nos antídotos dos adversários. Cheira-me que Zvunka não vai ficar muito tempo, e logo com o início que vai ter: Porto e Sporting. Os reforços, para além de serem poucos, são fracos. Ainda há tempo!

P. Ferreira
A desconfiança é geral, ora não houvesse pouquíssimas referências nestas equipas. Salvo Caetano (o ovo de Colombo da pré época pacense, mas sem direito a saída para o MU), Nuno Santos e Simão, poucos mais há a motivar as hostes. O treinador será Rui Vitória, um estreante.

V. Setúbal
Manuel Fernandes é o homem do leme para alcançar a permanência. Longe da loucura (em todos os sentidos) protagonizada por Carlos Azenha na pré época passada, este defeso foi calmo, não obstante as ondas levantadas por Sandro. José Pedro é a grande contratação de uma equipa que deverá fazer uma época calma.

Beira Mar
Não há dinheiro, logo não há vícios, i.e. contratações ao desbarato. É um bom principio financeiro que muito tem faltado ao Beira Mar nos últimos anos. No entanto, tal contenção deixa preocupações quanto ao que a equipa pode vir a produzir. 24 jogadores (3 dos quais ex-júniores + 3 guarda redes) é pouco. Os reforços são razoáveis, mas inexperientes. Dá a sensação que não têm a qualidade exigida para a Liga principal. Jardim tinha razão: o Beira Mar é candidato à descida.

Portimonense
A sua equipa não entusiasma nem um pouco, muito menos o treinador. Podemos a estar a ser injustos, pois afinal a subida também não acreditávamos e ela foi conseguida. Acontece que saíram bons jogadores, os reforços são desconhecidos (logo inexperientes) e o facto de começar no Estádio do Algarve, não vai ajudar nada à festa.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Taça da Liga - 1ª Jornada

A 1ª jornada da Taça da Liga foi marcada pelos empates e pelos muitos golos que foram marcados.
Só Pinheiro do Feirense fez 3; Zé Luís (ex júnior) do Gil Vicente e Wesllem (ex Rio Ave) do Penafiel marcaram 2.
A jornada foi pautada tal e qual como antevimos.

O D. Aves confirmou o seu favoritismo ao espetar uma goleada de 3-0 ao Covilhã (golos de Luizinho, Marco Cláudio e Rabiola), enquanto o Belenenses ainda precisa de mais experiência (derrota por 3-1, com o golo de Abel Câmara, um jogador de 20 anos formado no clube).
O Penafiel mostrou que vai manter o nível da época passada ao vencer precisamente os lisboetas. Para além de Wesllem, Michel, uma das referências da equipa marcou.
Já a Oliveirense, avisamos, os reforços são poucos mas bons. Ontem, Rui Lima, ainda que de g.p. e Pedrinho marcaram os golos.
Saliência final para os golos de Valdinho (que esteve a "rodar" no Moncorvo) do Freamunde; Rui André (ex Vianense) do Varzim e do central Galo do Gil Vicente.