sexta-feira, 29 de junho de 2007

16 ou 18 equipas na Liga?

Está-se a discutir que modelo deve ser seguido na principal liga de futebol portuguesa.
Uns opinam 16 equipas porque o campeonato não é tão intenso e os jogadores vão com menos cansaço para a Taça de Portugal, competições europeias e selecções.
Outros dizem 18 porque há mais jogos, mais receitas e mais competitividade?
será que a competitividade de um campeonato s e mede pelo nº de jogos?
Será que devemos seguir o exemplo das ligas milionárias da Europa, onde em Inglaterra há 20 equipas?

Deixe a sua opinião

4 comentários:

mário.porto disse...

Axo k estas mudanças não trouxeram de melhorar, pelo contrário.
Aquelas pausa no Natal doi demasiado longa e não teve nenhum motivo premente.
Logo,axo k devia voltar ao modelo inicial. Até era uma forma de evitar a "litoralização" do futebol português. Aliás, acho que este modelo a 16 só beneficia alguns: aqueles k têm jogadores nas seleções e k participam nas competições europeias

100temas disse...

Ola
eu concordo em parte que o comentador anterior. Axo que beneficia os que mais podem financeiramente e prejudica aqueles que não estão nem nas comp. europeias nem tem jogadores nas selecções.
Por outro lado, nc tivemos um campeonato tão emotivo como este em que o campeão só foi decidido na último jornada.

Anónimo disse...

Discordo do 100temas.
O campeonato só foi decidido na última jornada porque o FCP vacilou.
Senão era mais uma época como as outras.
Bom blog.
Achei curioso o destaque que deste aos campeões das modalidades.
:p

migas disse...

Também acho que este alteração para 16 não trouxe grandes alterações, visto que os clubes continuam a viver com dificuldades